Practica português

Não dá (no puede [ser]) D.A.M.A

By 21 de abril de 2017 No Comments

Hoje uma canção dos D.A.M.A para começar bem o fim de semana, com explicações das expressões em espanhol.

D.A.M.A (sigla para a expressão Deixa-me Aclarar-te a Mente, Amigo, estilizada como D.Δ.M.A ou DAMA) é uma banda portuguesa de pop/rap, oriunda de Lisboa, formada oficialmente em 2006. A banda atualmente é constituída por Francisco Maria Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho.

Não dá (no puede [ser])

Eu nem sei como começo
fica tão difícil para mim
e digo coisas sem nexo (cosas sin sentido)
Perguntas porque estou assim

eu nem sei explicar
nem vou contar
Que o tempo pára ao ver-te acordar (al verte despertar)
nesse teu jeito inocente (forma inocente)
que me faz não te querer largar (no querer dejarte)

Foram os teus abraços
O sorriso maroto (maladrin / pilla)
O teu corpo desenhado (dibujado)
E eu desajeitado (torpe)
e tu sem me dar troco (literal: sin darme cambio. Sentido: sin darme bola / chance)

Fica mais um bocado (Quédate un poquito más)
e ela diz que não dá (no puede [ser])
não dá não dá
Não dá
e ela diz que não dá
Não dá não dá não dá
E ela diz que não dá
não dá não dá não dá

tu não estás bem quando estás sozinha
eu não percebo se tu estás na minha (si tu estás en mi [onda])
mas vá lá não fiques convencida (pero venga! no seas pretenciosa)
só porque és mais gira do que querida (más guapa que cariñosa)
e então eu
sou um perdido
e um achado (substantivo  / verbo achar = encontrar)
tu às vezes pões de lado (apartas)
mas queres
e então eu
penso em ti todos os dias
mas não sei se penso mais do que pedes

foram os teus abraços
o sorriso maroto
o teu corpo desenhado
e eu desajeitado e tu sem me dar troco
fica mais um bocado
e ela diz que não dá
não dá não dá não dá
e ela diz que não dá
não dá não dá não dá

Não dá porquê?
se nos teus olhos eu vejo que tu queres mais de mim
eu grito mas tu não vens
nem tens alguém que te provoque

te deseje
te toque
que te faça rir
te espere
e te leve no meu hip-hop

quero ter-te por perto (tenerte cerca)
vem ter comigo
és tu que escolhes
nunca houve mais ninguém
tens o meu mundo nos teus olhos

Nada é incerto
e tu és essa vontade de te ter (ganas)
de te querer
de sentir e escrever
e dizer que és aquilo que eu preciso (necesito)

então
eu sei que valia a pena só não sei se são
os meus abraços que te sabem a pouco
e tu queres o teu espaço
Será que sou passado
ou isto é só um jogo para me teres ao teu lado

Mas ela diz que não dá
não dá não dá não dá
e ela diz que não dá
não dá não dá não dá
e ela diz que não dá
não dá não dá não dá
e ela diz que não dá
não dá não dá não dá
tu só tu só tu
que me faz ser eu
és tu só tu

e o que aconteceu
és tu és tu
e o que me deu (lo que me dado [contigo])
és tu só tu
tu só tu só tu só tu

 

Print Friendly, PDF & Email

Este sitio web utiliza cookies para que tengas la mejor experiencia de usuario. Si continúas navegando entendemos que aceptas nuestra política de cookies.
Más información sobre las cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies