was successfully added to your cart.

Mulheres portuguesas que precisas de conhecer!

By 8 de marzo de 2019Cultura, Notas de prensa

Hoje, dia 8 de Março é o Dia Internacional da Mulher.
Esta data frisa a importância da mulher na sociedade e a história da luta pelos seus direitos. Neste dia prestamos homenagem não só as estas grandes mulheres portuguesas mas a todas as mulheres que diariamente lutam pelas desigualdades e por ser respeitadas. OBRIGADA!

Portugal tem sido agraciado com mulheres de todos os géneros: artistas, músicas, poetisas, cientistas, corajosas. Desde tempo idos que temos algumas figuras marcantes na nossa história, e que se não as conhecias, ficarás a conhecer agora!

1 – Carolina Beatriz Ângelo (1878 – 1911)

Foi a primeira do seu tempo em muitas coisas. A primeira médica a operar no Hospital São José em Lisboa, a primeira mulher a ser considerada “chefe de família”, e sobretudo, a primeira mulher a votar em 1911! Sufragista, feminista, e muito à frente da época em que viveu.

2 – Florbela Espanca (1894 – 1930)

Com uma vida conturbada e cheia de sentimento, Florbela Espanca foi uma das maiores poetisas do nosso país. Na sua curta vida, escreveu alguns dos mais belos poemas e contos que nos ficaram na memória, importantes pelo seu conteúdo lírico, feminino e de certa maneira erótico.

3 -Maria Helena Vieira da Silva (1908 – 1992)

Mais conhecida pelo seu apelido, Vieira da Silva foi uma pintora, ilustradora e escultora portuguesa. Tendo em muito influenciado a arte portuguesa com a sua própria corrente artística, mantinha-se fiel a si mesma, não seguindo outras correntes com as quais convivia. Casou com o também artista Arpad Szenes, com quem compartilhou projetos de arte.

4 – Brites de Almeida (1350)

Foi uma figura lendária, a nossa Padeira de Aljubarrota. Considerada uma heroína na Batalha de Aljubarrota, contra as forças castelhanas. Segundo a história, Brites ficou conhecida por ter morto 7 castelhanos que estavam escondidos num forno de pão, apenas com a sua pá de padeira.

5 – Amália Rodrigues (1920 – 1999)

Tornou-se a Rainha do Fado, e é tomada como uma das embaixadoras do fado no mundo. O legado de Amália ainda hoje é amplamente considerado e adorado por todos, tal era o seu talento. Hoje em dia, podemos ouvi-la pelas ruas de Lisboa (principalmente nos Santos Populares) e prestar homenagem no Panteão Nacional, onde está sepultada.

6 – Beatriz Costa (1907 – 1996)

Atriz e ícone da cultura popular, ficou famosa com o filme “A Canção de Lisboa”, onde atuou ao lado de Vasco Santana e António Silva. Protagonizou outros filmes de culto portugueses, como a “Aldeia da Roupa Branca”, que foi o seu último filme. A partir de 1960 começa a viajar pelo mundo, e a conhecer personalidades importantes como Salvador Dali, Greta Garbo e Edith Piaf. Depois das viagens dedica-se também a escrever sobre a sua vida fabulosa, enquanto viva no Hotel Tivoli, em Lisboa.

7 -Sophia de Mello Breyner Andresen (1919 – 2004)

Escritora e poetisa, foi a primeira mulher a receber o Prémio Camões, que é para a literatura portuguesa o que o Prémio Nobel é para a paz. Para além da sua lírica, escreveu muitos contos belos e importantes para os mais novos, como “A Menina do Mar”, “O Cavaleiro da Dinamarca” e “A Fada Oriana”. Desde 2014 que está no Panteão Nacional, e os seus poemas continuam por aí, e a ser lidos por todos.

8 – Rosa Mota (1958)

É uma ex-atleta portuguesa, conhecida principalmente por ser campeã a nível olímpico, europeu e mundial na maratona. Representou o país nos jogos olímpicos, e foi considerada a melhor maratonista de sempre! O povo português refere-se carinhosamente a Rosa como “a nossa Rosinha”, considerando-a das atletas mais importantes do século XX.

9 – Eunice Muñoz (1928)

Vinda de uma família de atores, Eunice Muñoz é uma das melhores atrizes portuguesas de sempre. Atuou em teatro, cinema e televisão, a sua biografia é vasta e (quase) infinita, cheia de talento por todos os lados. É uma personalidade muito querida no país, sendo por todos respeitada e elogiada.

10 – Elvira Fortunato (1963)

A mulher mais jovem da nossa lista, é uma brilhante cientista e especialista a nível mundial na engenharia eletrónica de papel. Desenvolveu o primeiro transístor à base de papel, assim como memórias, ecrãs, baterias e mais. Em 2010, recebeu o título de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

texto de Bruna Castro in Lisboa Secreta

Mulheres menos conhecidas que mudaram a história de Portugal


Editado pela Nuvem de Tinta, o livro custa 16,90€

Conheça o livro Portuguesas com M Grande, de Lúcia Vicente e ilustrações de Cátia Vidinhas. O livro reúne as histórias de mulheres mais ou menos conhecidas que mudaram Portugal e o mundo. No total, são 42 personalidades femininas que não tiveram medo de sonhar.

Florbela Espanca ou a Padeira de Albujarrota são nomes bem conhecidos. E Maria de Lourdes Braga de Sá Teixeira? Ou Antónia Rodrigues?

Amália Rodrigues mudou o panorâmica musical português, Paula Rego escreveu o seu nome (e o nosso) na história da pintura mundial, Rosa Mota somou vitórias numa altura em que ainda se dizia que o desporto era coisa de homens. Estas três mulheres mudaram a história de Portugal, cada uma na sua área, mas já muito escreveu sobre elas.

E Antónia Rodrigues, a única cavaleira condecorada do exército português por muitos e muitos séculos? Ou Maria de Lourdes Braga de Sá Teixeira, mais conhecida por Milú, a única mulher em Portugal autorizada a pilotar um avião em duas décadas?

texto de Marta Gonçalves Miranda para a MAGG

Print Friendly, PDF & Email
×
¿Hablamos? ¡mándanos un WhatsApp¡
A %d blogueros les gusta esto: