Estado actual
No Inscrito
Precio
Cerrado
Primeros pasos
Este curso está cerrado actualmente
Este curso de preparación de Examen corresponde a un nivel C1. Con este curso conseguirás prepararte de cara a la presentación del Examen Oficial DAPLE.

DAPLE

Diploma avanzado de portugués como lengua extranjera
DAPLE corresponde al nivel C1 del  Marco Común Europeo de Referencia para las Lenguas del Consejo de Europa. DAPLE reconoce un nivel avanzado de conocimiento de portugués. Los usuarios de la lengua deben ser capaces de producir y reconocer, en los textos orales y escritos previstos para este nivel, las estructuras léxico-sintácticas y sintáctico-semánticas de la lengua con confianza y facilidad, de forma creativa y flexible. Son conscientes de la relación intrínseca entre lengua y cultura, es decir, a través de formas idiomáticas relacionadas con la caracterización de personas y eventos / situaciones, etc., formas de tratamiento, actos de habla marcados culturalmente y la necesidad de comunicarse de una manera culturalmente aceptada. Pueden usar su lenguaje de manera creativa y flexible, interactuando de manera apropiada en situaciones predecibles e impredecibles. Este nivel permite a los usuarios trabajar en contextos donde el portugués es el idioma de comunicación o en otros donde el portugués es solo un idioma de trabajo, y realizar cursos académicos.

Expressão Escrita
Em situações de comunicação do quotidiano, os utilizadores do português são capazes de escrever a maior parte dos textos necessários a estas situações. Em situações de comunicação relativas ao trabalho, os utilizadores do português são capazes de:

• produzir textos reactivos a pedidos de produtos/serviços, podendo ainda precisar de ajuda;
• escrever um texto ditado e de tomar notas, desde que os textos não versem questões complexas ou abstractas completamente desconhecidas;
• escrever cartas de muitos tipos, como, por exemplo, pedidos de informação, apresentação de queixas, candidaturas, etc.

Em situações de comunicação relativas ao estudo, os utilizadores do português são capazes de:

• tomar notas numa aula/conferência/seminário, que poderão ser úteis em posterior produção de texto;
• tirar notas de fontes de informação escritas e escrever composições ou textos mais longos de índole académica, embora possam ocorrer ainda erros sintácticos e/ou lexicais ou ainda de inadequação de registo;
• fazer um relatório de uma investigação, podendo haver erros ocasionais.

Formato da Componente:
Parte I: Produção de um texto para resolução de uma tarefa do domínio público, profissional ou educativo.
Parte II: Produção de um ou mais textos com uma extensão de 200-230 palavras a partir de tópicos ou de um conjunto de textos.

Duração: 1h30m
Pontuação: Esta componente tem uma percentagem de 20% sobre o total.

Note: Não esqueça que uma carta obedece a características formais que têm de ser respeitadas, por isso confira na lista de verificação se não se esqueceu de nada.

LISTA DE VERIFICAÇÃO
1. Registei o local e a data no canto superior direito..
2. Escrevi o mês que consta da data por extenso (Ex: 5 de Julho e não 5/07).
3. Separei o Iocal da data por vírgula.
4. A carta tem uma saudação inicial, traduzida num vocativo (Ex: Cara amiga, Ex.mo Senhor...).
5. O texto da carta não começa na mesma linha da saudação.
6. Alinhei a saudação com o início dos parágrafos.
7. Deixei uma margem à esquerda e à direita.
8. A carta inclui uma curta despedida (Ex: Com os melhores cumprimentos, Com a mais elevada consideração).
9. Assinei a carta, no fim, no canto inferior direito.

NOTE:
Cartas de apresentação e candidatura
As cartas de apresentação e candidatura são divididas em 3 partes principais:
Cabeçalho - o início das cartas deve conter a identificação do destinatário e do remetente e pode conter também o local e data de envio; por vezes também é possível colocar o assunto que deve incluir a referência do anúncio respondido;
Corpo da carta - esta é a parte mais importante e inclui a origem da oferta de emprego com a indicação do cargo ao qual se concorre, o motivo da candidatura e quais as características que tem para oferecer e porque irão ser positivas para o empregador; as frases devem ser claras e concisas para não permitir ambiguidades de interpretação e dificuldade de compreensão;
Conclusão - o final da carta deve mencionar a forma de ser contactado.
A apresentação das cartas deve ser bem cuidada e obedecer a algumas regras:

simplicidade - a linguagem utilizada deve ser simples, as frases curtas e as ideias fundamentais devem estar contidas em poucas linhas;
manuscrita - alguns empregadores valorizam as cartas de apresentação manuscritas pois fornecem mais alguns dados sobre a personalidade do candidato;
formatação da carta - a carta deve estar escrita com uma letra legível, não demasiado pequena, obedecendo às margens do papel, e sem grandes destaques como sublinhados ou tipo de letra maior;
espaçada - as cartas tornam-se mais legíveis quando se espaçam bem as linhas e parágrafos, dispondo o texto de uma forma homogénea sobre a folha de papel, mantendo uma estrutura equilibrada.

Suscríbete a nuestra newsletter y disfruta de un 10% de descuento en tu primera compra